ÁREA DE SÓCIOS
REGISTO
CânhamoEUAInternacionalNotícias

Desenvolvimento de teste de THC para o cânhamo financiado pelo Departamento de Justiça

Parceria com CannaReporter

A Divisão de Investigação do Departamento de Justiça dos EUA concedeu 350.000 dólares a um laboratório federal para desenvolver um método fiável de medição dos níveis de THC para distinguir o cânhamo industrial da canábis para outros fins.

Com a aprovação do Farm Bill em 2018, os laboratórios forenses foram forçados a começar a diferenciar as amostras apreendidas de canábis como cânhamo legal ou canábis ilegal; no entanto, a maioria dos laboratórios forenses carece actualmente de protocolos de extração confiáveis ​​e métodos analíticos para essa finalidade. “O objetivo deste projeto é fornecer aos laboratórios forenses as ferramentas analíticas necessárias para fazer essas medições com segurança por meio de métodos analíticos simples, robustos e econômicos”, escreveu o Instituto Nacional de Justiça do DOJ num aviso de concessão publicado na semana passada.

O beneficiário da bolsa de 350 mil dólares é o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia, um laboratório federal do Departamento de Comércio dos EUA. De acordo com o anúncio, o NIST irá concentrar-se no desenvolvimento de métodos de diluição, protocolos de extração, um único estudo de validação de laboratório e avaliações de ferramentas de medição.

A proposta debruça-se também após a conclusão da investigação e do desenvolvimento de métodos de testagem, na transferência de tecnologia do NIST para os laboratórios forenses federais, estaduais e locais por meio de procedimentos operacionais padrão, módulos de treinamento, webinars e publicações científicas. Para ajudar a facilitar a transferência, o NIST formou uma colaboração com os laboratórios criminais do Departamento de Polícia do Condado de Montgomery (MCPD) e da Polícia do Estado de Maryland (MSP). Esta colaboração permitiu a transferência de 125 amostras de canábis apreendidas para investigação em termos da validação dos métodos de testagem. O NIST usará a colaboração com a MSP para permitir uma avaliação crítica dos novos métodos analíticos para garantir sua aplicabilidade para atender às necessidades do laboratório forense.

A Farm Bill foi aprovada em 2018 e permitiu o cultivo de cânhamo industrial nos Estados Unidos da América, fornecendo um limite de 0,3% de THC para toda a planta.

Preferências
Usamos cookies para melhorar sua experiência ao usar nosso site. Se estiver usando nossos Serviços por meio de um navegador, você pode restringir, bloquear ou remover cookies nas configurações do seu navegador. Também usamos conteúdo e scripts de terceiros que podem usar tecnologias de rastreamento. Você pode fornecer seu consentimento seletivamente abaixo para permitir tais incorporações de terceiros. Para obter informações completas sobre os cookies que usamos, dados que coletamos e como os processamos, verifique nossa Privacy Policy
Youtube
Consentimento para mostrar conteúdo de - Youtube
Vimeo
Consentimento para mostrar conteúdo de - Vimeo
Google Maps
Consentimento para mostrar conteúdo de - Google
Spotify
Consentimento para mostrar conteúdo de - Spotify
Sound Cloud
Consentimento para mostrar conteúdo de - Sound
Área de Sócios
REGISTO