ÁREA DE SÓCIOS
REGISTO
AlimentosCânhamoEUAInternacionalRetalho

EUA: Pandemia reduz vendas dos retalhistas de cânhamo em 75%

Parceria com CannaReporter

As vendas de alimentos e bebidas de cânhamo nos Estados Unidos da América (EUA) caíram 75% este ano, em comparação com o mesmo período de 2019, de acordo com New Hope Network/Nutrition Business Journal.

Ainda assim, as empresas não deverão desistir desta área de negócio, de acordo com os palestrantes do Encontro Virtual do Colectivo do Cânhamo, realizado a 9 de Dezembro passado, pois existem oportunidades de crescimento na categoria de bebidas.

Durante a pandemia da COVID-19, as compras a retalho caíram transversalmente em todas as indústrias, bem como as vendas na restauração, disse Claire Morton Reynolds, analista sénior da indústria do New Hope Network/Nutrition Business Journal, sediada em Boulder, no Colorado. A  maioria das vendas de alimentos e bebidas com cânhamo/CBD (Canabidiol) ocorre em lojas de conveniência e na venda a retalho, segundo Justin Singer, director executivo e co-fundador da Caliper Foods, Commerce City, Colorado.

Mas além disso, entram também em jogo os regulamentos federais. Os retalhistas hesitam em comercializar alimentos e bebidas com CBD, pois a Food and Drug Administration (FDA)determinou que o CBD derivado do uso completo da planta de cânhamo não pode ser usado legalmente em alimentos, bebidas e suplementos dietéticos, uma vez que o CBD foi aprovado apenas para uso no medicamento Epidiolex. “Às vezes é possível rotular (um alimento ou bebida) apenas como cânhamo e não como CBD ou THC, e colocá-lo numa variedade maior de retalhistas”, disse Singer. O palestrante disse ainda que vê oportunidades para o cânhamo/CBD em várias categorias: bebidas prontas para consumo, bares, misturas para bebidas, produtos de recuperação, sorvetes e café.

CBD em bebidas e alimentos

“Acho que as bebidas prontas a consumir são uma categoria inexplorada”, disse Singer. “A ideia de que este segmento atingiu seu limite em mercearias independentes e lojas de conveniência dá-me vontade de rir. Esta é uma grande oportunidade que ainda está à espera de investimento”.

Ari Sherman, presidente e co-fundador da Evo Hemp, em Boulder, referiu que o cânhamo/CBD pode ser uma excelente alternativa ao álcool. Categorias de produtos como vitaminas e minerais são outra opção, dando cereais e barritas alimentares como exemplos.

Singer defendeu também que as empresas necessitam de investigação e desenvolvimento e de fazer experiências para obter o sabor certo dos produtos e uma vida útil suficientemente longa. “O CBD é de facto a substância mais amarga que qualquer cientista alimentar já encontrou, mais amarga até que a cafeína”, afirmou.

Falta experiência no trabalho com cânhamo

“Tudo isto é uma ciência nova, a maneira como funciona o espectro completo da planta em formulações”, disse Singer. “Não há atalhos nas formulações ao trabalhar com um ingrediente novo. É necessário testar para podermos fazer suposições.” A categoria de alimentos e bebidas representa apenas 0,5% do mercado de cânhamo dos EUA. Suplementos representam 69%, enquanto os cosméticos estão em 24% e a categoria de animais de estimação nos 7%.

O mercado total de CBD à base de cânhamo nos EUA situa-se nos 912 milhões de dólares em 2020, um aumento de 0,4% em relação a 2019, ano em que o crescimento foi de 115%. A New Hope Network / Nutrition Business Journal espera que o crescimento das vendas aumente em meados de 2022 e o mercado alcance quase 1,4 mil milhões em 2023. As projecções para 2020 diferem daquelas apresentadas em 2019, quando a New Hope Network / Nutrition Business Journal estimava um mercado a ultrapassar os 4 mil milhões em 2023, só nos EUA.

Preferências
Usamos cookies para melhorar sua experiência ao usar nosso site. Se estiver usando nossos Serviços por meio de um navegador, você pode restringir, bloquear ou remover cookies nas configurações do seu navegador. Também usamos conteúdo e scripts de terceiros que podem usar tecnologias de rastreamento. Você pode fornecer seu consentimento seletivamente abaixo para permitir tais incorporações de terceiros. Para obter informações completas sobre os cookies que usamos, dados que coletamos e como os processamos, verifique nossa Privacy Policy
Youtube
Consentimento para mostrar conteúdo de - Youtube
Vimeo
Consentimento para mostrar conteúdo de - Vimeo
Google Maps
Consentimento para mostrar conteúdo de - Google
Spotify
Consentimento para mostrar conteúdo de - Spotify
Sound Cloud
Consentimento para mostrar conteúdo de - Sound
Área de Sócios
REGISTO